/ Mídia 2017 / Preconceito Religioso à luz do Direito Islâmico

Preconceito Religioso à luz do Direito Islâmico

Comissão de Direito e Liberdade Religiosa do IAB, presidida pelo Dr. Gilberto Garcia, realizou em março/2017, uma Reunião Especial, eis que aberta a convidados externos, tendo contado com a presença do Dr. Carlos Meneses, advogado mulçumano, Coordenador do Centro Cultural Imam Hussein e do Observatório Xiita de Direitos Humanos, enfocando o “Preconceito Religioso à luz do Direito Islâmico”, o qual gentilmente presenteou o presidente da Comissão com os Livros: “O Significado dos Versículos do Alcorão Sagrado com Comentários” e “O Tratado dos Direitos”.

Esta Reunião Especial direcionada para o compartilhamento das Normas Islâmicas foi promovida no “Hall” da Biblioteca Daniel Aarão Reis, cedi da por generosidade do Diretor Dr. Aurélio Wander Bastos, contou com a participação de seus integrantes, entre os quais, Dr. Carlos Roberto Schlesinger, vice-presidente da Comissão, e, presidente da Comissão de Direitos Humanos, e, o Dr. Joycemar Lima Tejo, além de outros consócios, inclusive presidentes de Comissões do IAB, que foram incentivados a comparecer pela Diretora de Comissões do IAB, Dra. Vanusa Murta Agrelli.

Estes presidentes de Comissões, Dr. Luiz Dilermando Castello Cruz, Direito Internacional, e, Dr. Francisco Ramalho Ortigão Farias, Estudos Históricos-Culturais, e, outros consócios, Dr. Fernando Cariola Travassos, Dr. Hariberto de Miranda Jordão Filho, Dr. Carlos Alberto Provenciano Gallo, e ainda, o Dr. Carlos Henrique de Castro Magalhães, coordenador da ESA da Subseção de Madureira da OAB/RJ.

Estes provocaram com perspicazes reflexões o Dr. Carlos Meneses que dissertou sobre temas como casamento, divórcio, comércio, vizinhança, tributos, preconceito, intolerância etc, e sua regulamentação em países islâmicos, destacando que existem atualmente cerca de 1,3 bilhões de mulçumanos no mundo, os quais tem há mais de 1.400 anos no Alcorão seu Livro Sagrado.

Fonte: O Direito Nosso de Cada Dia.

Send Us A Message Here

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *