/ Informe Jurídico

Informe Jurídico

Parecer do Consultor

A Ética nas Relações Negociais Jurídicas

Tenho a grata alegria de lhe disponibilizar, via internet , o Informe Jurídico de nosso site “O Direito Nosso de cada dia”.

Creio estarmos vivendo um tempo de extremas oportunidades, que serão cada vez mais disponibilizadas àqueles que, não só acreditam nelas, mas também se proponham a torná-las realidade.

E aí um elemento tem se tornado indispensável nos contratos de vontades, em qualquer perspectiva que sejam pactuados, e entre quaisquer atores sociais, qual seja a ética dos contratantes, a certeza de que se está negociando com alguém em que o mercado confia.

Neste momento a pergunta que se faz é, os líderes, seja da empresa, seja da instituição, seja da entidade, verdadeiramente cumprem o que pactuam?

Essa qualidade passa a ter valor, exatamente porque todo nosso arcabouço jurídico está fundado no princípio da boa fé dos contratantes, a que não dizer que os atores sociais sejam perfeitos, até porque são humanos, ou que estejam isentos de eventuais situações que comprometam o inicialmente pactuado, ou mesmo que perderam a noção que estão negociando e se é um negócio, sempre estará sujeito a ganhos e perdas, mas que ela só será salutar se o negócio for bom para ambas.

Isso as compromete, e cria um elo fundamental, onde uma não precisa “Passar a perna na outra” para poder crescer, haja visto ser rentável o crescimento de ambas, e se isso não estiver acontecendo por atuação ou omissão de uma das partes, é hora de consertar e/ou dizer “Obrigado, foi bom enquanto durou”.

O 3º milênio, que se iniciou, em 01 de janeiro de 2001, nos está nos obrigando a uma transparência nunca vista nas negociações, em todos os níveis, inclusive porque as exigências relativas a qualidade, produtividade, custo acessível e rentabilidade, cada vez norteiam o mercado, onde todos estamos inseridos, seja consumindo, seja oferecendo produtos, idéias e serviços.

Neste afã temos a pretensão de continuar a prestar um serviço jurídico profissional de consultoria pessoal ou institucional de qualidade ética, aos nossos clientes, sejam eles parentes, amigos, parceiros, em nível de pessoas físicas, e/ou, empresas, instituições, entidades, organizações, em nível de pessoas jurídicas, bem com, a todos quanto nos tem confiado, ao longo de quase duas décadas, o privilégio de zelar por seu direitos, e mesmo aos colegas da advocacia, por quem nutrimos respeito e admiração.

Que possamos investir dia a dia, na prática todo nosso potencial, apesar de nossas limitações, nesta visão de ética total nas relações negociais jurídicas.

Que lhe seja útil o Informe Jurídico, de “O Direito Nosso de cada dia” e um grande abraço da cidade de São João de Meriti, coração da Baixada Fluminense, que é 4º Pólo Consumidor do Brasil.

Rogando a Deus que conceda a você, toda a sua família, bem como a seus negócios e atribuições, neste 3o Milênio, anos cheios de sonhos e realizações.

“Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor, planos de paz e não de mal, para vós um futuro e uma esperança.” Jeremias 29:11 AR.

O direito no jornal
O Direito e os Tribunais
Direito no Rádio
O Direito e a Sociedade
O Direito e a Lei
O Direito na TV
O Direito Ensinado
O Direito na Tela
O Direito na Revista